sexta-feira, 26 de outubro de 2018

O diário no nosso dia a dia

No dia a dia de creche o diário ocupa um lugar privilegiado enquanto instrumento de registo do quotidiano das crianças. Englobando duas colunas, este instrumento de pilotagem, potencia uma das questões mais fulcrais no dia a dia em creche - o trabalho cooperado entre os diferentes intervenientes na vida da criança (famílias, equipa educativa e comunidade).  Neste sentido,
Mais do que realizar determinadas práticas, importa assumir a atitude de estar junto e ao lado das famílias, bem como dos colegas de trabalho, para levarmos a cabo esta tarefa tão estimulante, quão complexa, da educação das crianças nas primeiras idades. Assumimos assim a potencialidade conflitual da confluência de diversas perspectivas e saberes, bem como, de diversas preocupações, de forma a evoluir no sentido de um espaço de compreensão recíproca de diálogo e de escuta.
Folque, Bettencourt, Ricardo, 2015

A primeira coluna do diário destina-se ao registo das realizações consideradas mais significativas e é encabeçada pela palavra “Fizemos”. A segunda coluna destina-se ao registo de sugestões, aspirações e atividades a realizar e intitula-se “Queremos fazer”. A partir deste veículo de comunicação, várias foram já as propostas que surgiram, algumas das quais aqui ilustro.

A S.F, tendo passado alguns dias de férias em Viana do Castelo, partilhou com o grupo ouriços e respectivas castanhas que lá encontrou. Com muito cuidado, exploramos, abrimos e acima de tudo a S.F. teve oportunidade de partilhar uma descoberta com a família.
Já o V.D., partilhou com o grupo um livro sensorial, recheado de insectos e animais que fizeram as delícias do grupo. Respeitando o importância destas questões sensoriais, decidimos construir um livro para a sala, com a ajuda de todos e que será em breve exposto e comunicado às restantes salas.
A I.C. pedindo colo diversas vezes para conseguir espreitar para o recreio dos crescidos, despertou um interesse e necessidade de partilhar uma manhã de brincadeira com estes pares mais crescidos. Foi uma manhã de interacções deliciosas e que nos deixou muito mais ricos a todos!

Estes são exemplos práticos de como se operacionaliza de forma tão partilhada e vivida, a gestão cooperada de um currículo em creche.

Sem comentários:

Enviar um comentário